sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Motorista embriagado bate em carro com grávida de sete meses na Lagoa da Conceição

Motorista embriagado bate em carro com grávida de sete meses, que cai na Lagoa da Conceição

Um motorista embriagado provocou um acidente por volta das 5h desta sexta-feira, na Lagoa da Conceição, em Florianópolis. O homem, que não teve a identidade divulgada pela Polícia Militar, bateu em um Peugeot. Dentro do carro estacionado na Avenida das Rendeiras, havia uma mulher grávida de sete meses e o marido. Os dois foram levados ao Hospital Celso Ramos e permanecem no setor de Emergência.

Caroline Costa Pacheco, 22 anos, passará por uma avaliação na maternidade ainda pela manhã. Segundo os funcionários do hospital, ela está consciente e em bom estado de saúde. O marido dela, Alexandre da Silva Neiva, 43, quebrou o pulso.

De acordo com as primeiras informações da Polícia Militar, ela estaria no lugar do passageiro e conversava com o marido quando aconteceu o acidente.

Um guincho foi usado para retirar o carro que caiu na água. O trânsito ficou parcialmente interditado no local, mas voltou a fluir normalmente por volta das 6h30min.

Segundo a PM, o homem que provocou o acidente dirigia um Gol e estava em visível estado de embriaguez. Ele prestou depoimento no posto policial da Avenida das Rendeiras e foi liberado em seguida. O motorista deve responder a um Termo Circunstanciado.

A Lagoa da Conceição fica no Leste da Ilha e é um dos bairros mais movimentados de Florianópolis.


Fonte: Diario Catarinense
Enviado por: Angel

domingo, 13 de novembro de 2011

Manos do Asfalto participa do Conversas Cruzadas (TVCOM)

Manos do Asfalto participa do Conversas Cruzadas (TVCOM)

Após três anos da lei seca, os números da violência no trânsito ainda são assustadores.

Entrevista com:

- Bernardo Berka Filho -- especialista em trânsito

- Inspetor Luiz Graziano -- Polícia Rodoviária Federal

- Ivan da Silva Couto Júnior -- Comandante da Guarda Municipal Florianópolis

- Angelita Queiroz -- Manos do Asfalto.
Bloco 1/4

Bloco 2/4


Juntos em busca de um Trânsito mais Seguro!

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Em Memória a todas as Vitimas do Trânsito

A morte não é nada. Apenas passei ao outro lado do mundo. Eu sou eu. Você é você. O que fomos um para o outro, ainda o somos. 

Dá-me o nome que sempre me deste. Fala-me como sempre me falaste. Não mudes o tom a um triste ou solene. 

Continua rindo com aquilo que nos fazia rir juntos. Reza, sorri, pensa em mim, reza comigo. Que o meu nome se pronuncie em casa como sempre se pronunciou, sem nehuma ênfase, sem rosto de sombra.

A vida continua significando o que significou: continua sendo o que era. O cordão de união não se quebrou.

Por que eu estaria fora dos teus pensamentos, apenas porque estou fora da tua vista?

Não estou longe, somente estou do outro lado do caminho. Já verás, tudo está bem…

Redescobrirás o meu coração, e nele redescobrirás a ternura mais pura. Seca tuas lágrimas, e se me amas. Não chores mais. ”
 
Santo Agostinho de Hipona
 
Oração as vitimas do trânsito

PEÇAMOS A DEUS E A TODOS OS SEUS ANJOS DE LUZ QUE ACOLHA E CONFORTE O ESPÍRITO DAQUELES QUE PARTIRAM TRAGICAMENTE.

ILUMINE E CONSOLE, COM A FORÇA DO AMOR, O CORACAO DOS SEUS FAMILIARES E AMIGOS QUE CHORAM A PERDA DOS SEUS ENTES QUERIDOS QUE CONTINUAM VIVOS ETERNAMENTE NO MUNDO DE DEUS E NAS NOSSAS MENTES E CORAÇÕES.

ENVIEMOS PARA ELES VIBRAÇÕES DE AMOR   E PEÇAMOS A DEUS MISERICÓRDIA E ORIENTAÇÃO DIVINA.

Amem!
 
 Em memória ao Mano CRM 

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Quem vai para o trabalho a pé ou de bicicleta se estressa menos

Quem vai para o trabalho a pé ou de bicicleta se estressa menos

Pessoas que vão para o trabalho de carro, ônibus ou trem são mais propensas a sofrer de estresse e exaustão, de acordo com um estudo da Universidade de Lund, da Suécia. Entre os 12 mil empregados, de 18 a 65 anos, consultados na pesquisa, aqueles que iam trabalhar a pé ou de bicicleta relataram níveis mais baixos de estresse e cansaço.

O estudo identificou ainda que os danos à saúde aumentam quanto maior o tempo de deslocamento. No entanto, os pesquisadores ressaltam que são necessários mais estudos para ampliar o entendimento sobre o tema. Outras variáveis, como renda familiar e fatores ambientais, precisariam ser consideradas para comprovar os prejuízos à saúde.

Não jogue sua vida para o alto!!

Enviado: Angelita
Fonte: Click RBS

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Manos do Asfalto - JA em Ação (22/ Outubro)


Manos do Asfalto - JA em Ação (22/ Outubro)

O Manos do Asfalto participou junto a Guarda Municipal de Sao Jose

 (GMSJ) do projeto de cidadania e inclusão social JA em Ação, que ofereceu serviços
 




gratuitos de utilidade pública, saúde e educação para comunidades de Florianópolis



Não jogue sua vida para o alto!!

Agenda Manos do Asfalto - Novembro 2011


Agenda Manos do Asfalto - Novembro 2011

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Beber, dirigir e matar dá cadeia no EUA

Beber, dirigir e matar dá cadeia no EUA

Quem sabe um dia sera feito o mesmo no Brasil!


Dirigir bêbado é crime, mesmo sem risco a terceiros, decide Supremo



Dirigir bêbado é crime, mesmo sem risco a terceiros, decide Supremo

Decisão de setembro negou habeas corpus a motorista detido em blitz. Apesar de lei, juiz chegou a absolver homem que dirigia embriagado em MG.

Dirigir com concentração de álcool por litro de sangue igual ou superior a 6 decigramas é crime, sujeito à detenção, mesmo que o motorista não provoque risco a outras pessoas. O entendimento está em decisão da 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal que reafirmou, em setembro deste ano, a validade da lei que tornou crime, em 2008, dirigir alcoolizado.

Pela lei, a pena para quem dirige embriagado varia de seis meses a três anos de detenção, multa, e suspensão ou proibição de obter a permissão ou habilitação para dirigir. Mas ainda há discordância sobre se dirigir alcoolizado pode ser considerado crime no caso de o motorista não ter provocado risco a terceiros.

A decisão do STF foi tomada no dia 27 de setembro, mas não havia sido divulgada até esta quinta-feira (3). O julgamento foi o de um habeas corpus de um motorista de Minas Gerais, pego em uma blitz na cidade de Araxá, em junho de 2009. De acordo com o processo, o homem apresentava sintomas de embriaguez, como fala desconexa, hálito etílico e olhos vermelhos. Submetido ao teste do bafômetro, foi constatada a presença de 0,90 miligrama/litro de ar expelido pelos pulmões (o limite da lei é de 6 decigramas por litro de álcool no sangue ou 0,3 miligramas por litro de ar expelido).

Absolvido Apesar da existência da lei, o motorista foi absolvido sumariamente em primeira instância. A pedido do Ministério Público, o Tribunal de Justiça de MG reverteu a decisão, condenando o réu. A 6ª Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) também manteve a condenação.
A defesa, então, recorreu ao STF, alegando que o artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro, que tornou crime dirigir bêbado, seria inconstitucional, por se tratar de um perigo abstrato, ou seja, se pode comprovar que o motorista expôs outras pessoas a risco, não existe um crime de acordo com o que entende a legislação brasileira.

O entendimento de três ministros (dois deles estavam ausentes no julgamento) do Supremo foi o de que a Lei 11.705 de 2008, que alterou o Código Brasileiro de Trânsito, é constitucional. “A jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça é pacífica no sentido de reconhecer a aplicabilidade do art. 306 do Código de Trânsito Brasileiro – delito de embriaguez ao volante”, afirmou o ministro Ricardo Lewandowski, relator do caso, em sua decisão.

A decisão, no entanto, foi além. Segundo o ministro, a lei excluiu a "necessidade de exposição de dano potencial", ou seja, mesmo que o motorista alcoolizado não exponha outros a perigo comprovadamente, está cometendo um delito sujeito a uma sanção penal, “sendo certo que a comprovação da mencionada quantidade de álcool no sangue pode ser feita pela utilização do teste do bafômetro ou pelo exame de sangue, o que ocorreu na hipótese”, diz na decisão.

Porte de arma de fogo Em sua decisão, Lewandowski também comparou o crime de dirigir embriagado com o de porte ilegal de arma de fogo. Portar arma sem autorização é crime, mesmo sem que haja uma ameaça concreta a um terceiro.
"O tipo penal de perigo abstrato, no caso sob exame, visa a inibir prática de certas condutas antes da ocorrência de eventual resultado lesivo, garantindo, assim, de modo mais eficaz, a proteção de um dos bens mais valiosos do ser humano, que são sua vida e integridade corporal”, concluiu.
A decisão da 2ª Turma não é vinculante, ou seja, tribunais inferiores não são obrigados a seguir esse entendimento, porém, indica a posição do STF em manter em vigor a lei que proíbe a combinação entre álcool e direção.

Imprudência

 "[A decisão do STF] é uma preocupação com o trânsito e com as mortes de trânsito. O Supremo entendeu que basta estar embriagado, não precisa dirigir de maneira imprudente, para configurar crime", afirma o ex-juiz e criminalista Luiz Flávio Gomes, que discorda do entendimento. "Mas decidindo assim não existe diferença nenhuma entre a infração administrativa e a criminal", defende.
Segundo o advogado, o crime apenas ocorre se houver imprudência, por exemplo, se o motorista dirige em zigue zague. "Tudo depende de que maneira o motorista dirige. O Supremo errou, mas os juízes podem adotar esse entendimento ou não. Na minha opinião, a forma de dirigir é que distingue entre crime e infração administrativa. Seria importante ouvir os cinco ministros da Turma", avalia.

Fonte: http://g1.globo.com/brasil/noticia/2011/11/dirigir-bebado-e-crime-mesmo-sem-risco-terceiros-decide-supremo.html

Guarda Municipal - Um agente melhor que amigo!


Guarda Municipal - Um agente melhor que amigo!

Quem disse que gentileza, não gera gentileza?

Este cara ai, é um exemplo em seu Municipio e pode ser um exemplo tambem em todo pais!



terça-feira, 1 de novembro de 2011

NÃO PERCA! - Manos do Asfalto no Conversas Cruzadas TVCOM SC


NÃO PERCA!  -  Manos do Asfalto no Conversas Cruzadas TVCOM SC


Manos do Asfalto ira participar de debate sobre a Lei Seca no "Conversas Cruzadas" da TVCOM SC na Quinta-Feira (3 de Novembro) as 22hs.

Participe! Envie seus comentarios via email ou twitter.

Junte-se a nos em busca de um Trânsito mais Seguro!

Não jogue sua vida para o alto!